Posted tagged ‘meio ambiente’

Redes fantasmas?!?

maio 8, 2009
Exatamente isso… aliás, demorou um pouco para que isso se tornasse preocupante.
Não são apenas as redes fantasmas, as redes de arrasto, são artes de pesca totalmente não seletivas, e que acabam capturando espécies que inclusive não tem valor comercial.
O Greenpeace Chile está com esse problema por lá. E inclusive produziu uma animação interessante sobre o assunto.
O problema é que as espécies de peixes e animais marinhos capturados e sem utilidade comercial, são peças fundamentais de uma grande cadeia alimentar. Ou seja, retirando essas espécies você também está prejudicando os estoques de peixes e por isso, o desenvolvimento das comunidades tradicionais que dependem da pesca.
É necessário uma maior gestão da pesca e uma maior governança para esse setor.
Anúncios

Encontrados ovos da última tartaruga gigante de Galápagos

julho 28, 2008

Interessante matéria que saiu hoje no Estadão.com.br. Além de ser interessante por tratar das tartarugas gigantes de Galápagos, me fez lembrar meu grande amigo Jorge. Sim, Jorge, é o nome da última tartaruga gigante de Galápagos, que após ter sido rejeitado por 36 anos pelas fêmeas, ganhou uma nova oportunidade.

Calma, calma… não quis dizer que nosso querido jornalista Jorge está sendo rejeitado pelas fêmeas. rsrsrs Apenas, foi uma nova forma de eu conseguir importuná-lo.

Funcionários do Centro de Reprodução em Cativeiro do Parque Nacional Galápagos (PNG) no Equador encontraram três ovos fecundados por um macho de tartaruga gigante galápago, único sobrevivente de sua espécie, informou nesta terça-feira, 22, a instituição.

O achado leva a crer que há possibilidade de salvar a espécie Geochelone abigdoni, ou tartaruga gigante, que vive na ilha Pinta, no arquipélago de Galápagos, há cerca de mil quilômetros da costa do Equador.

A tartaruga gigante, que é chamada de “Solitário Jorge”, vive desde 1972 em cativeiro no centro em companhia de várias fêmeas de outras espécies, que o rejeitaram por 36 anos.

O arquipélago deve seu nome às grandes tartarugas, e suas reservas terrestres e marinhas contêm uma rica biodiversidade.

Então como dizia Jorge Ben ” SALVE JORGE, SALVE JORGE”.