Posted tagged ‘baleias’

Boas notícias: a caça às baleias no banco dos réus

maio 16, 2009

research

Foi dado início ao pré-julgamento de nossos ativistas em Aomori, no Japão e as notícias são boas: a corte apresentou uma série de lacunas presentes na acusação de Junichi Sato e Toru Suzuki. Ambos estão sendo julgados por denunciar um escândalo na chamada “caça científica” de baleias promovida por aquele país e que o governo continua vergonhosamente tentando esconder.

Chega a ser um absurdo pensar, que por terem denunciado o crime de caçar baleias, dois ativistas ambientais, passarm 26 dias na cadeia, e já estão há mais de 90 dias respondendo ao processo e liberdade.

Essa me pareceu a única vez que a corte se moveu mais para os lados dos ativistas, exigindo que fosse considerado no processo as evidências do escandâlo, mas que também não fosse desconsiderado o fato de eles terem retirado a carne de baleia do navio.

Foi solicitado também que sejam chamadas outras testemunhas-chaves, o que pode nos favorecer, e a partir de agora, também será incluído no processo, a Declaração Internacional dos Direitos Humanos e Civis.

Eu, aqui do outro lado, só tenho a desejar sorte e força a todo time no Japão, que espera ansioso pelo fim do processo e mais ainda, que o verdadeiro crime de caçar baleias é que seja colocado no banco dos réus.

Anúncios

Caçar baleias é crime – história completa!

março 24, 2009

Conheça a história completa das ativistas Junichi e Toru, presos por denunciar a caça de baleias.

Ontem, foi um das fase do julgamento, e nada ainda foi resolvido. Eles estão em fase de ouvir testemunhas.

Os únicos que perdem com essa demora são os ativistas e as baleias, que continuam sendo caçadas coma a desculpa esfarrapada de “fazer ciência”.

Caçar baleias com o nosso dinheiro não!

março 8, 2009

Começa a contagem regressiva para a reunião da Comissão Internacional da Baleia, que esse ano será realizada na Ilha da Madeira.

Após as discussões que aconteceram no Chile, em 2008, ficou acordado que seriam realizadas 4 reuniões preparatórias e interseccionais para encontrar uma melhor forma de encaminhar o assunto. Já que atualmente a Comissão Internacional da Baleia (CIB), é um dos órgãos internacionais com mais impasse.

De um lado os países a favor da caça, querendo a NORMALIZAÇÃO DA CAÇA DA BALEIA e do outro os países pró-conservação, que querem a MODERNIZAÇÃO da Comissão Internacional da Baleia, ou seja, um órgão para a preservação da baleias e não para a destruição.

Esse mês de março, em Roma, será realizado a reunião interseccional, e diante da crise que o país japonês vem enfrentando, chega a ser um absurdo gastar 1.2 bilhões de yen (aprox 10 milhoes de euros) como subsidio para atividade de caça de baleias. Sendo que esse dinheiro vem dos impostos pagos pela sociedade japonesa, que nada ganha com essa atividade “comercial” disfarçada de ciência.

Australia investe 6 milhões de dólares para salvar as baleias

novembro 18, 2008

Após a decisão de não colocar os barcos na água e ir para a Antártica documentar a caça comercial disfarçada de ciência e subsiada pelo governo japonês.

O Primeiro Ministro Peter Garret anunciou ontem que investirá 6 milhões de doláres em programas de conservação e pesquisa não-letal.

 

Ahhh se as prioridades do governo brasileiro também fossem essas e se investissem em nosso trabalho de pesquisa não-letal e para mais programas de conservação. Ou talvez na implementação e criação de áreas marinhas protegidas voltadas a proteger a biodiversidade, como Abrolhos e a Reserva da Babitonga (SC).

Iremos acompanhar as próximas notícias…

Oriental Blue Bird perdeu a bandeira

outubro 29, 2008

No ano passado, durante a expedição Antártica, a embarcação Oriental Blue Bird reabasteceu a frota baleeira na temporada de caça.

O problema é que o barco era de bandeira panamenha e não estava autorizado a participar de atividades de caça, ainda mais por que o Panamá, é um dos governos latino americanos que defende a conservação, durante as reuniões da Comissão da Baleia.

Em abril, o Greenpeace entrou com ações e documentos pedindo que o Panamá retirasse a bandeira da embarcação, e ela acabou de ser retirada.

O navio oriental blue bird continua atracado em shimonoseki, mas sem a permissão para saída e participação na frota, uma vez que agora é um barco APATRIADO, ou seja, sem bandeira.

É motivo para comemorar….

Veja notíca completa no site.

Acho que nesse momento todos os ativistas a bordo ficam felizes por verem que o fruto de um trabalho de 4 meses ainda gera frutos positivos para tentar ipedir a matança indiscriminada de baleias.

JAPÃO contra ataca novamente

setembro 25, 2008

A Agência de Pesca do Japão continua (ou melhor nunca parou), de recrutar mais países através da compra de votos. O último a entrar para a lista foi Eritrea, neste mês.

Agora a Comissão Internacional da Baleia conta com  82 países membros. Como resultado dessas últimas adesões (leia-se compra de votos), agora temos 40 países contra caça e 37 a favor da caça.

Com isso podemos esperar que até a próxima reunião, muitos outros países sejam recrutados, outros possam desistir de participar e assim não é possível predizer qual dos lados terá a maioria por lá.

O que isto significa???? Que temos que pressionar ainda mais nosso governo para que ele realize as gestões diplomáticas para trazer mais países para o nosso lado ou desligue outros que estejam do lado do Japão.

Contra caça: Argentina, Australia, Austria, Béligica, Brasil, Chile, Costa Rica, Croácia, Ciprus, Republica Tcheca, Equador, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Guatemala, Hungria, India, Irlanda, Israel, Itália, Luxemburgo, Mexico, Monaco, Holanda, Nova Zelandia, Panamá, Peru, Portugal, Romenia, San Marino, Republica Eslovenia, África do Sul, Espanha, Suécia, Suíça, Reino Unido, Uruguai e Estados UNidos.

A favor da caça: Antigua e Barbuda, Benin, Camboja, Camarões, China, Congo, Costa do Marfim, Republica Dominicana, Eritrea, Gabão, Gambia, Guine-Bissau, Nova Guine, Islandia, Japão, Kiribati, Corea, Laos, Mali, Ilhas Marshal, Mauritania, MOngolia, Marrocos, Nauru, Noruega, Palau, Russia, St Kittis e Nevis, St Lucia, St Vicent e Grenadines, Senagal, Ilhas Salomão, Suriname, Tanzania, Togo e Tuvalu.

Dinamarca e Omâ : pendentes

Talvez não compareçam: Belize, Guatemala e Kenia.

O governo brasileiro deveria realizar as corretas gestões diplomáticas com países africanos para que estes votassem pela conservação ou ao menos se abstessem das votações.


				

Primeiro Ministro FUKUDA renuncia

setembro 1, 2008
Sr. Yasuo Fukuda

Sr. Yasuo Fukuda

O Primeiro Ministro do Japão Yasuo Fukuda renunciou, é o que diz o New York Times de hoje. Agora ele é o segundo líder que renuncia em menos de 1 ano, ameaçando a política japonesa.

Isso não significa que teremos eleições. Mas já existem alguns candidatos a vaga. O principal problema da gestão de Fukuda foi a divisão do parlamento.

Tudo nos leva a crer que o sucessor será da mesma linha de Fukuda e apoiar a atividade de caça. Mas vamos observar os próximos passos.