Archive for the ‘política’ category

As espécies mais perigosas do mar

maio 13, 2009

especies-perigosas-oceano-01

Encontrei no blog CHONGAS, que diz ser um blog sem credibilidade, mas atesto, é a pura mentira.

O lixo descontrolado é sim uma grande ameaça aos mares. E mais ainda, acabam sendo “engolidos” por outras espécies que acabam morrendo, e só por isso já podem ser considerados as criaturas mais perigosas dos mares.

Se as pessoas e nossos governantes considerassem e compreendessem a importância dos oceanos.

Além de ser importante para a locomoção, lazer, alimentação, ele também é o nosso principal amortecedor climático. Mas, me parece que só agora as pessoas estão se dando conta disso, principalmente os tomadores de decisão.

Desde da Expedição SALVAR O PLANETA É AGORA OU AGORA, é que o Greenpeace está pedindo a proteção dos oceanos como uma das formas de combater o aquecimento global. Sabe-se que os oceanos possuem a capacidade de absorver até 90% de todo o CO2, e aproximadamente 40% do CO2 emitido pelo homem. Será que isso ainda não é motivo para o tema fazer parte das COnferências INternacionais como a que será realizada em Copenhaguem?

Duvido.

Hoje, finalmente, li uma notícia que me deixou mais animada. Durante a Conferência Mundial dos Oceanos (WOC – sigla em inglês), cientistas e outros atores estão falando sobre o assunto e tentando incluir essa pauta nas próximas negociações. Vamos acompanhar?

Precisamos criar áreas marinhas protegidas para manter os oceanos limpos e saudáveis para que voltem a realizar seu papel natural como sumidouro de CO2.

Salvar o PLaneta: é agora ou agora!

Redes fantasmas?!?

maio 8, 2009
Exatamente isso… aliás, demorou um pouco para que isso se tornasse preocupante.
Não são apenas as redes fantasmas, as redes de arrasto, são artes de pesca totalmente não seletivas, e que acabam capturando espécies que inclusive não tem valor comercial.
O Greenpeace Chile está com esse problema por lá. E inclusive produziu uma animação interessante sobre o assunto.
O problema é que as espécies de peixes e animais marinhos capturados e sem utilidade comercial, são peças fundamentais de uma grande cadeia alimentar. Ou seja, retirando essas espécies você também está prejudicando os estoques de peixes e por isso, o desenvolvimento das comunidades tradicionais que dependem da pesca.
É necessário uma maior gestão da pesca e uma maior governança para esse setor.

Secretaria da Pesca vira ministério e ganha 200 cargos

julho 30, 2008

Lá vai o governo Lula mostrando a cara desenvolvimentista. Sempre visando o desenvolvimento econômico, Lula transforma agora a Secretaria Especial de Aquicultura e Pesca, que já possuía status de Ministério, em um verdadeiro Ministério.

Segundo matéria publicada pelo Estadão online, o primeiro impacto da mudança será na quantidade de funcionários efetivos e cargos de confiança. De imediato, os 200 funcionários da secretaria passarão a ser, no ministério, por concurso, 400 servidores.

Além disso, visam também aumentar a frota pesqueira e substituir embarcações velhas por novas com capacidade maior de pesca.

Lula considerou “uma vergonha que o Brasil, com 8,5 milhões de quilômetros quadrados, 8 mil quilômetros de costa e 190 milhões de habitantes, só pesque 1 milhão de toneladas de peixe por ano”. Para comprovar a “vergonha”, citou os casos do Peru, que pesca nove vezes mais e só tem 27 milhões de habitantes, e do Chile, que tem uma população de apenas 13 milhões de habitantes e pesca o dobro do Brasil.

Acho que o que o nosso presidente quando nos compara com países como Peru e Chile não está levando em conta que o Brasil é rico em biodiversidade, mas não em quantidade de recursos pesqueiros. E é, justamente por isso que estamos com 80% dos nossos recursos pesqueiros em extinção.

Com a criação do ministério e todas as funções serem agora sua atribuição está mais do que na cara que ninguém mais pensará em conservação dos recursos e nem na sustentabilidade dos recursos marinhos.