Secretaria da Pesca vira ministério e ganha 200 cargos

Lá vai o governo Lula mostrando a cara desenvolvimentista. Sempre visando o desenvolvimento econômico, Lula transforma agora a Secretaria Especial de Aquicultura e Pesca, que já possuía status de Ministério, em um verdadeiro Ministério.

Segundo matéria publicada pelo Estadão online, o primeiro impacto da mudança será na quantidade de funcionários efetivos e cargos de confiança. De imediato, os 200 funcionários da secretaria passarão a ser, no ministério, por concurso, 400 servidores.

Além disso, visam também aumentar a frota pesqueira e substituir embarcações velhas por novas com capacidade maior de pesca.

Lula considerou “uma vergonha que o Brasil, com 8,5 milhões de quilômetros quadrados, 8 mil quilômetros de costa e 190 milhões de habitantes, só pesque 1 milhão de toneladas de peixe por ano”. Para comprovar a “vergonha”, citou os casos do Peru, que pesca nove vezes mais e só tem 27 milhões de habitantes, e do Chile, que tem uma população de apenas 13 milhões de habitantes e pesca o dobro do Brasil.

Acho que o que o nosso presidente quando nos compara com países como Peru e Chile não está levando em conta que o Brasil é rico em biodiversidade, mas não em quantidade de recursos pesqueiros. E é, justamente por isso que estamos com 80% dos nossos recursos pesqueiros em extinção.

Com a criação do ministério e todas as funções serem agora sua atribuição está mais do que na cara que ninguém mais pensará em conservação dos recursos e nem na sustentabilidade dos recursos marinhos.

Anúncios
Explore posts in the same categories: oceanos, pesca, política, sustentabilidade

Tags: , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

4 Comentários em “Secretaria da Pesca vira ministério e ganha 200 cargos”


  1. Boa proposta para um ano de eleição, não? (!), mas vamos torcer para que a pessoa responsável pelo cargo tenha uma visão mais consciente e passe a investir em conservação (utopia?), afinal, do jeito que está, não há como ampliar a exploração desses recursos, apenas acelerar sua extinção.


  2. Fala lele, blzz ?
    Já esta adicionada la tbm.
    Obrigado pela visita e pode contar com a gente quando quiser.
    Bjos e até+
    Boa sorte.


  3. […] Desde que foi anunciado a criação desse novo ministério e nosso Presidente afirmou que estava indignado que o Brasil pescava menos que o Peru, eu estou fazendo “campanha” para explicar a todos os ambientalistas, jornalistas e afins… […]

  4. Ediney Says:

    Neste blog há duas notícias complementeres: a FAO estima em 20 milhões de toneladas o desperdício de peixes mortos na pesca de arrasto e o Brasil pesca 1 milhão de toneladas/ ano. Oras, o que falta então é educação ambiental, e só! Nem precisa trocar os barcos!!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: