Arquivo de junho 2008

Rumo ao processo de modernização.

junho 27, 2008
Wakao fazendo seu discurso

Wakao fazendo seu discurso

Enquanto isso no Brasil, nossos ativistas estiveram presentes em frente ao consulado japonês em São Paulo pedindo que libertem nossos ativistas no Japão.

Enquanto isso no Brasil, nossos ativistas estiveram presentes em frente ao consulado japonês em São Paulo pedindo que libertem nossos ativistas no Japão.

Bom, cômico se não fosse trágica a minha primeira experiência na reunião da Comissão Internacional da Baleia.

Na quarta, foi o dia da participação pública. Foi dado 5 minutos para 6 ongs se manifestarem (3 conservação e 3 pró-caça). Sim, existe ONG pró-caça. As ONGs se organizaram em grupos e um pessoa foi escolhida para representar a opinião do grupo, em sua maioria das vezes. A ordem foi:

1. Centro de Conservacion Cetácea: uma ONG Chile pro conservação, que representou a opinião das ONGs latinas (incluindo o Greenpeace). Foi escolhida para ser do Chile, local onde está sendo realizada a reunião.
2. High North Alliance: pró-caça
3. WWF: escolhida para representar o lado europeu e é pro-conservação
4. Womens fórum for fish: ONGs japonesa de mulheres que são a favor do comércio de carne de baleia, lógico, são pro-caça
5. Greenpeace: representando os japoneses que querem acabar com a caça. O discurso foi lido por Wakao, que estava representando Junichi. Foi emocionante!
6. Conpesca: dizia ser uma ONG da América central, e seu porta voz foi Miguel Marenco, o ex-comissário da Nicarágua, o qual era totalmente pro-baleeiro. Assim que saiu do cargo, a Nicarágua se tornou pro-conservação. Agora ele está trabalhando para os japoneses e fundou uma ONG para fazer lobby pro-caça. Absurdo!

Ontem (quinta) foi o dia mais emocionante. Onde foram apresentadas resoluções e algumas votações aconteceram.

A Dinamarca colocou em votação o pedido para caçar mais 10 baleias jubartes – espécie ameaçada de extinção. O que foi estranho, pois ao longo dos dias os países pareciam ter entrado em acordo de consenso de não colocar resoluções em voto. Eis que a Dinamarca quebrou esse acordo de “cavalheiros” e pediu para caçar mais jujubas. É lógico que perderam, a quota não foi aceita. Foram 29 votos a favor, 36 votos contra e 2 se abstiveram. Precisavam de ¾ para conseguirem.

Imaginem vocês que os que votaram a favor são os marionetes do Japão: Antigua e Barbuda, Benin, Islândia, Camboja, China, Dinamarca, Gabão, Grenada, Guine-Bissau, Kiribati, Corea, Lao, Ilhas Marshal, Mongoli, Nauru, Noruega, Omã, Palau, Rússia, San Kittis e Nevis, Santa Lucia, San Vicent, Ilhas Salomão, Suriname, Suíça, Togo, Tuvalu e Estados Unidos.

E se opuseram: Argentina, Austrália, Áustria, Bélgica, Brasil, Chile, Costa Rica, Croácia, Ciprus, Republica Tcheca, Equador, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Índia, Irlanda, Israel, Itália, Luxemburgo, México, Holanda, Nova Zelândia, Nicarágua, Panamá, Peru, Portugal, San Marino, Repuplica Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Suécia, Inglaterra e Uruguai.

Moroco e África do Sul se abstiveram.
Felizmente não puderam adicionar as 10 jubartes no cardápio, Já caçam 200 minkes, 19 fin e 2 baleias da Groelândia. O Greenpeace e outras ONGs conservacionistas que aqui estão não consideram a caça da Groelândia como caça aborígene de subsistência, pois acabam indo parar em mercados e não para a própria subsistência da comunidade.

O Grupo de Buenos Aires (governos latinos) tinham dito que caso algum país quebrasse o acordo de negociação eles colocariam o Santuário também em votação.
No entanto, não foi o que aconteceu. O Grupo de Buenos Aires decidiu que não colocariam o Santuário em votação esse ano, por que caso o fizessem, iríamos perder. E realmente íamos. Não tínhamos ¾ dos países votando a favor. Isso seria muito ruim politicamente, perderíamos força.

Notei que precisamos investir ainda mais no lobby com países, agregando mais países ao lado da conservação. Por outro lado, os governos latinos se comprometeram em colocar o Santuário no processo de discussão de MODERNIZAÇÂO DA CIB. O que na prática significa uma comissão internacional da baleia volta para a conservação de baleias e não da industria baleeira, como era em 1946, quando foi criada, e é o que querem os baleeiros, ou seja a NORMALIZAÇÂO.

Sendo assim, depois do coffe break o governo brasileiro apresentou um vídeo super bacana em defesa do Santuário, que pode ser assistido aqui.
E não foi votado. É claro que países como Noruega, Gabão, Islândia, Benin, Costa Marfim e Rússia se manifestaram contra, e pior ainda com argumentos infundados e fracos.

França. Austrália, Alemanha, Irlanda, Mexido, Nova Zelândia, Inglaterra, Estados Unidos, África do Sul, Israel, Portugal e Panamá apoiaram a proposta.

O GREENPEACE luta para que o Santuário de Baleias do Atlântico Sul deveria ser adotado esse ano. No entanto, compreende o processo de modernização o qual passa a Comissão Internacional da Baleia. Os países conservacionistas demonstraram acreditar no processo de modernização e iremos esperar por mais um ano para a ADOÇÃO do Santuário. Essa abertura deve ser entendida pelos países baleeiros como um comprometimento dos países conservacionistas em colaborar no processo e, deveriam ACABAR com a caça de baleias na Antártica. Nós iremos lutar para que o Santuário, seja não apenas votado, como seja ADOTADO na próxima reunião.

Enfim, mais coisas podem vir a acontecer hoje… e assim que eu tiver mais informações estarei enviando para vocês.

Obrigada ao todo time que tem trabalhado muito na minha ausência, obrigada a todos os voluntários que têm apoiado e enviado mensagens aos nosso ativistas japoneses que ainda encontram-se detidos.

Um grande beijo do Chile

lelê

O mundo esta tentando salvar nossos ativistas

junho 26, 2008

Como todos já sabem Junichi e Toru continuam presos. Há 6 dias foram detidos, e estão em Aomori. O mundo está se manifestando contra essa injustiã e está pedindo JUSTIÇA PELAS BALEIAS, JUSTIÇA COM O GREENPEACE.

Sara Holden, nossa coordenadora da campanha de Baleias, acaba de chegar no Japão e irá conseguir enviar nossas mensagens de paz, força e positividade para nossos ativistas. Se vocês querem enviar algum recado… podem postar aqui, iremos imprimir e enviar.

A partir dessa semana, muitos escritórios estarão realizando atividades em frente a consulados e embaixadas japonesas pedindo a liberação de JUnichi e Toru. Faça parte da voz global…

beijos
lelê

Dia de CIB…..Dia de reuniões

junho 25, 2008

Infelizmente não tive tempo de escrever ontem, o dia foi extremamente cheio de reuniões e das quais não podíamos ficar de fora. Confesso que foi extremamente cansativo… e hoje estou um pouco exausta!

Ontem, no final da tarde tivemos uma reunião com os representantes governamentais do Grupo Buenos Aires (lembram? Os mesmos que estavam na reunião que participei na ilha do papagaio). A reunião tinha como objetivo entender o que o bloco latino Americano iria propor na plenária. Queríamos saber se iam propor ou não o Santuário esse ano e se não por quê. Confesso, que em alguns momentos, a discussão foi bastante acalorada, algumas ONGs discordavam em alguns pontos em relação ao governo e muito ficou por decidir ao longo dos dias.
O fato é que os representantes do Grupo Buenos Aires deixaram claro que não iriam colocar o Santuário em votação esse ano, pois tinham como objetivo fazer parte do processo de negociação e entrar em consenso. Eles também afirmaram que só colocariam o Santuário em votação, caso algum outro país quebrasse as “regras” de negociação e colocassem alguma resolução na mesa, como por exemplo se a Dinamarca fosse pedir quota para caçar 10 jubartes e se o Japão pedisse quota para sua caça aborígene. Isso foi um balde de água fria para as ONGs que estão há mais de 10 anos lutando pela aprovação do Santuário.

Ontem a Dinamarca fez uma apresentação sobre sua caça aborígene, mas não a colocou em voto. Ao que tudo indica, será feita uma apresentação em vídeo sobre o Santuário, mas não será posto em votação. Isso por que nada será colocado em votação, pois os governos estão fechando um acordo entre eles que deverão entrar em consenso para encaminharem melhor as discussões na CIB. Ou seja, estão discutindo processos se a CIB irá ser uma Comissão Internacional da Baleia em defesa das baleias ou dos baleeiros.

Foto da exposição de Brian sobre baleias. Lindas

Foto da exposição de Brian sobre baleias. Lindas

Pela manhã, tivemos o lançamento com coletiva de imprensa de um relatório, bastante interessante sobre o estado do turismo de observação de baleias na América Latina. O relatório foi escrito por Miguel Iniguez e Erich Hoyt. O relatório é bastante interessante, e quem quiser interesse pode pegar emprestado no Greenpeace, assim que eu retornar.

Beatriz Bugeda abriu a reunião e pontuo considerações importantes sobre o turismo de baleias na América Latina, que quando feito de forma responsável, rende 1 bilhão de dólares anuais. No Brasil, o turismo é realizado principalmente para baleias jubartes (nordeste), baleias francas (sul), golfinhos nariz de garrafa (sul e nordeste) e botos (sul).
Depois tivemos a fala de Miguel Inigues e Vanessa Tossemberg.

A noite, depois de todas as reuniões, o Greenpeace e outras ONGs da América Latina fizeram uma recepção para mostrar o trabalho da América latina. Dois importantes projetos brasileiros de conservação de baleias estavam lá: Projeto Baleia Franca e Baleia Jubarte. Foi bem legal! Depois um de nosso kids for oceans do Greenpeace – Chile fez um discurso e foi apludido por unanimidade.

Segunda é dia de CIB…..Dia D!!??!!??

junho 23, 2008

Hoje se deu início a Reunião da Comissão Internacional da Baleia. Muita gente chegando… muito suspense nos corredores.

A grande questão é se resoluções e propostas serão colocadas em voto ou não. Isso por que o clima aqui é de buscar um consenso. Se a caso decidirem não colocar em votos, nosso santuário não estará na pauta. Mas ainda nada foi decidido.

Enquanto nada se decide, ficamos por aqui falando com todos que podemos, amigavelmente, para convencê-los de jogarem pelo nosso time. Como podem ver na foto abaixo. Wakao e Karen conversando com Joji Morishita – comissário do Japão

 

Hoje, pela manhã, cerca de 100 crianças fizeram um banner em frente ao hotel e simbolizaram um reino das baleias. Foi super legal e contou com a presença dos comissários do Brasil, Argentina e Austrália. Fiz um videozinho também, mas a internet aqui está lenta e vou tentar postar do hotel depois.

No mais, nossa delegação esteve presente e elogiando a atividade do Greenpeace.

Por enquanto, quase nada se decidiu por aqui. O clima é de consenso e na minha opinião de lentidão. Vamos ver o que acontece nos demais dias.

Besos do Chile

Notícias da CIB…. Domingo

junho 22, 2008

Nossos ativistas continuam presos. Junichi e Toru irão provavelmente ficar por custódia durante 10 dias. Nós, já fizemos um apelo à essa decisão, e seremos ouvidos em Tóquio amanhã.

Até agora temos aproximadamente 50000 assinaturas em nossa cyberação. Muito obrigada a todos que estão sempre lembrando de nossos ativistas. Nossos advogados acreditam que isso terá alguma influência na decisão do Juiz amanha. Então, se você ainda não divulgou para sua lista e para seus amigos, ainda há tempo.

Junichi e Toru estão bem, na medida do possível. Provavelmente a esposa de Toru irá conseguir visitá-los amanha.

Por aqui, no Chile, hoje foi dia de reuniões preparatórias de ONGs e também dia importante para a reunião dos nossos comissários que estão reunidos desde as primeiras horas da manha para decidir como será a plenária política, que começa amanha.

Eu e Geert Drieman (GP-Holanda) fomos os escolhidos para representar o GP na reunião das ONGs, e por ser a minha primeira vez, e 21º de Geert posso considerar bastante interessante. Aprendi bastante e conheci todos que trabalham para diferentes ONGs e estão aqui com o mesmo objetivo.

Pude conhecer também Remi Parmentier, que escreve para o blog Chez Remi, bastante interessante para quem quiser saber mais sobre CIB. Aliás, se quiserem saber mais sobre CIB, entender o que é, e o por que estamos aqui, podem conhecer a nova página do Greenpeace.

Estou saindo agora para uma reunião com a delegação brasileira para saber quais são as novas. Mas, pelo o que pude perceber até agora alguém está querendo ganhar tempo nessa jogada. E assim, as discussões acabam sendo processuais e nada conclusivas.

No mais, a boa nova é… NICARAGUA está aqui e anunciou que não irá mais apoiar o Japão. Vitória!

Beijos e até a próxima
Lelê

Chile: a dor e a delícia!!!

junho 21, 2008
Pois é… posso definir minha vinda ao Chile como a dor e a delícia. Muitas coisas aconteceram e ao mesmo tempo nada.

Quando eu estava terminando as malas para vir para o Chile, fiquei sabendo que os dois ativistas estavam presos. Eu, realmente não sabia o que fazer. E confesso, praticamente não dormi a noite, pensando que tinhamos um principe japones no Brasil e que deveriamos pedir o apoio dele para liberar nossos ativistas que estão presos, para que voltem para suas familias, que também estão sofrendo intimidação.

Quando aqui cheguei… maravilhoso local, o avião foi pousando, e pude ver as cordilheiras forradas de gelo, o piloto dizendo que fora estávamos 4oC. Fiquei encantada, todo mundo levantou para ir até a janela e tirar fotos. Tirei fotos lindas. Infelizmente ainda não tive tempo de baixá-las, logo mais estarei postando aqui. Maravilhoso Santiago do Chile.

Assim que passei o portão de desembarque Gustavo estava me esperando. Lembram dele? Gustavito, chileno, que estava comigo na expedição. Ele e sua namorada estavam com Rob Niccol (oceanos -australia) me esperavam lotados de casaco. Frioooooo!!!!!

Após momentos nostalgicos e abraços… veio minha pergunta; Como estão Junichi e Toru??? Eles ainda estavam presos. Rob que tinha saída da Australia 20 hs atrás, ainda nem sabia de nada. Cheguei aqui e começamos a trabalhar e articular para que algo fosse feito pelos nosso amigos.

Um das coisas que se pode fazer é assinar a petição pedindo que soltem nossos ativistas.

Além disso, já participeio de algumas reuniões com a delegação do Greenpeace para decidir como iremos nos organizar para as reuniões.
O que eu percebi até agora é que tudo está muito devagar por parte das delegações políticas.
Hoje terei um panorama mais completo.
Irei escrevendo sempre que possível….

um grande abraço e beijo
lelê

ABSURDO SEM TAMANHO!!!!!!!

junho 21, 2008

UM ABSURDO SEM TAMANHO!
Dois ativistas do Greenpeace Japão foram presos hoje acusados de terem roubado uma caixa contendo carne de baleia do navio-fábrica Nisshin Maru, que passou meses na Antártica matando espécies ameaçadas de extinção. Eles participaram da investigação que comprovou o contrabando dessa carne por tripulantes do Nisshin Maru para a posterior venda ilegal do produto no mercado japonês. Entenda o caso aqui.

Ajude a libertá-los! Clique aqui e participe da cyberação do Greenpeace para enviar cartas online ao primeiro ministro japonês, Yasuo Fukuda; ao ministro das Relações Exteriores Masahiko Koumura; e ao embaixador e ao cônsul geral do Japão no Brasil, respectivamente Ken Shimanouchi e Masuo Nishibayashi.

DIVULGUE. ASSINE e CONVIDE SEUS AMIGOS PARA ASSINAR!!!