Aviso aos navegantes!!!

ATENÇÃO, ATENÇÃO…SÓ TEM PESSOAS NORMAIS AQUI!!!!

Decidi escrever aqui, de uma forma geral, como são os dias no Esperanza, como segue o trabalho, como é a rotina e como é estar confinado por 4 meses com as mesmas pessoas, fazendo as mesmas coisas, no mesmo espaço, sem poder “fugir”. O objetivo é não confundi-los com a minha emoção diária, muitas vezes posso ser mal interpretada, quando conto com muita emoção os fatos que acontecem em nossos poucos horários de lazer. E que o trabalho de 40 pessoas, não seja simplesmente confundido com uma mera brincadeira.

Você já teve a experiência de passar pelo menos 40 dias confinados em um barco? E 4 meses? Quem nunca viveu essa experiência, pode imaginar como seria???

Pois é… o confinamento e a impossibilidade de realizar as coisas que se faz normalmente em terra, é algo que pode assustar uma grande maioria. Outros, podem nunca nem ter pensado sobre isso.

Mas faz 1 mês e meio que estamos aqui, juntos como uma família. Mas como uma família que acaba de se conhecer, que tem culturas diferentes. Afinal, somos 40 (uma grande família), mas de 20 diferentes países… com costumes, humores e manias totalmente distintos.

Tem dias que você acorda de bom humor, eu por exemplo, quem me conhece sabe, acordo no gás e super bem humorada sempre… mas pode ser que diga bom dia a alguém e não tenha resposta…. essa mesma pessoa, pode me dar uma super abraço, por que está se sentindo sozinha, após o jantar….lidamos com pessoas, com comportamentos, reações e frustações. Não é fácil!

Acordamos todos (a maioria, com exceção dos que fizeram a guarda noturna), 7h30… e temos até as 8hs para tomar café, e a partir daí começar a limpar o navio. Afinal, esta será nossa casa por 4 meses, e não temos aqui empregados ou faxineiros. Temos que limpar banheiros, chuveiros, cozinha, sala, escritório, quartos… todo mundo tem que ajudar.

E depois disso, cada um parte para seu trabalho… a maior parte do tempo, eu, webbies, assessores de imprensa e os outros coordenadores de campanha, passamos em nosso escritório, e em computadores… algumas vezes só paramos para comer… e ficamos aqui até meia noite, ou mais, quando temos que atender a imprensa de algum país com horário muito diferente do nosso. Aqui fazemos todo o planejamento de campanha e traçamos os próximos passos…

Trabalhar campanhas também não é tarefa fácil…. podemos facilmente nos sentir frustados. Então podemos passar uma semana aqui, fervendo os neurônios para um planejamento… e na hora H, ele dar errado. É possível…. as coisas podem mudar de repente, e nem o plano B funcionar.

Quem vê de longe, assiste apenas as vitórias e julga as derrotas… mas esquece do que esteve nos bastidores, do quanto foi difícil se organizar para fazer acontecer. E mais ainda se deu errado, o quanto as pessoas batalharam para que fosse certo….e como queriam que tudo tivesse sido como o planejado.

Agora, imaginem que quando têm uma derrota, querem ir para sua casa, assistir qualquer coisa na televisão, falar com a sua mãe, ligar para um amigo, tomar uma cerveja, um sorvete… sair um pouco do ambiente de trabalho… faz bem, é saudável.

Mas, aqui é impossível…vive-se o trabalho intensamente todos os minutos… então, algumas vezes é REALMENTE muito necessário extravasar, cozinhar um jantar especial, chamar a todos para mostrar as fotos de sua família, as fotos de seu antigo trabalho, criar coisas para sair da rotina… da mesma forma que fazemos em terra. É saudável… não significa que o trabalho não está sendo feito.

Ele está sendo feito sim… por uma equipe super competente… podem acreditar, que se algo não sair da forma como o planejado, é por que foi realmente difícil…. por que nós estaremos tentando até o final. Aqui está todo mundo junto na mesma…. espero conseguir passar isso para vocês pelo blog. Mas, por favor, levem sempre em consideração a situação que estamos aqui, longe dos amigos, longe da família… e iremos passar aqui Natal, Reveillon, Carnaval, finais de semana e feriados… um pouco de lazer acho que merecemos.

E ainda, estamos seguindo os japoneses… eles escaparam a primeira vez, estávamos sendo seguidos pela guarda costeira. Mas sabemos que estamos na mesma rota que eles. Se não os encontrarmos no caminho, os encontraremos na área de caça – Antártida, estão seguindo para lá. Mas não é logo ali, é longe, demora. Eles ainda não chegaram lá, as baleias ainda não começaram a ser caçadas…. a frota japonesa também enfrentou o mesmo tufão que a gente…. tiveram que desviar a rota, pelo mesmo caminho que desviamos (não tinha outro jeito)… estamos quase lá.

O navio não pode ir mais veloz do que já navega… e mesmo assim, enquanto estamos tendo encontros pollywogs e shellbacks, os pilotos estão navegando, enquanto estamos tendo um jantar especial, o navio continua na rota, na mesma velocidade… não paramos nunca… simplesmente não dá para fazer mais do que já está sendo feito.

Às vezes penso que deveria postar no blog apenas sobre as baleias, sobre a frota, sobre nosso trabalho… mas essa não foi a minha idéia desde o início, gostaria de contar para vocês como é a vida a bordo do barco do Greenpeace, que somos pessoas normais, com erros e defeitos, com alegrias e tristezas, com vitórias e derrotas… assim como vocês….SIMPLES SERES HUMANOS!

Entendo a ansiedade de todos…. querem saber como será o encontro, o porquê ainda não os encontramos, se eles já estão caçando, quantas caçaram… e estão certíssimos…. irei contar tudo, podem perguntar….critiquem, sugiram… estou amando a participação de todos. O blog tem sido uma forma de eu poder me sentir um pouco mais perto do Brasil, de eu desabafar sobre a vida aqui, de poder dividir com vocês como é nosso dia-a-dia e mais ainda, de conseguir manter todos informados sobre o que acontece aqui em alto-mar e como é cruel essa caça “científica”.

Espero que todos compreendam…. e que estejam gostando os relatos. Como disse… sugestões e críticas (construtivas) são sempre bem-vindas.

Um grande abraço
Leandra

Anúncios
Explore posts in the same categories: baleias, expedição, greenpeace, oceanos

Tags:

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: